Cante sem chorar!

25.5.09

Por falta de assunto...


Sabe um dos meus maiores pesadelos de inverno? Botas. Eu amo e detesto botas, ao mesmo tempo. Acho lindo como algumas mulheres entram numas botas que tinham tudo para transformá-las numa prostitutas de filme do Tarantino e ainda assim elas conseguem ficar lindas. Por outro lado... ô mau gosto que a mulherada tem quando o assunto é bota hein? Deus meu!
E ainda tem o desconforto né? Vamos conbinar que bota não é o troço mais confortável do mundo, ainda mais se aquelas botas com o famigerado bico mata-barata-no-canto. Santo Deus! Tudo bem, eu acho chique mas, cara, tem umas coisas impossíveis de usar, uns bicos tão finos, mas tão finos que seus dedos praticamente grangrenam lá dentro. Sinceramente? Eu tenho muito medo!
Eu mesma andei à procura de uma bota, daquelas estilo jockey sabe? Pois bem, eu queria uma bota que não me deixasse com cara de pistoleira mas que ao mesmo tempo me desse uma sensação de poder, luxo e cobiça, manja como é? Então... daí que eu me joguei na empreitada de procurar uma bota que atendesse meus requisitos e fosse economicamente viável. Sim, porque não adianta achar a bota dos meus sonhos e ela custar 2.000,00, adianta? Então lá fui à caça e... posso falar? Horror, horror e horror foi tudo que eu vi. Alguém, pelamor, me explica que pesadelo são essas botas de camurça com um salto de madeira com um furo no meio? O que é aquilo minha gente? Arma? Deus é mais! E aquelas com peles e sabe Deus o que mais? E umas com uns trecos pendurados? E aquelas com tachinhas e solado que parece pneu de caminhão? Vem cá... aquilo é moda agora?
E eu fui ficando mais e mais horrorizada e a bota que eu queria mais e mais distante. Porque a coisa funciona assim - se você quer comprar uma bota tem que escolher entre pistoleira total ou teenager astronauta. Aí é foda.
Mas eu dei sorte. Depois de rodar bastante finalmente achei minha bota. E antes que você me pergunte, ela não é nem pistoleira, nem teenager astronauta. Sim, porque eu ainda tenho um pouco, um resto de discernimento. Ainda.

12 comentários:

R.Vinicius disse...

Pris, retornei, mas o problema é que não quero estar "cheio de mim mesmo." A gente pode conversar?

Abraço,

R.Vinicius

R.Vinicius disse...

Não sabia desse seu gosto e não-gosto. Gostaria de ver se a bota combinou contigo.

Abraço,

R.Vinicius

Vênus disse...

Oi,querida

Ah,amo botas....e gostei de todos os modelos que vc postou!Lindas!
beijos

Evandro Varella disse...

Caramba... não sabia que uma bota, podia render tanto assunto, rsss.
Aqui em BH, parece que a última moda é combinar botas até o joelho com shorts curtinhos...buuunituuuu!, rsss
bjs

Vanna disse...

Saudades d ti tb. Querida, um dos meus traumas d infância é q m prometeram e nunca m deram uma bota. Quando cresci nunca consegui comprar uma pelos vários motivos citados por vc, mas o q mais m impede acho q é q inconscientemente quero ganhar uma. rsrs
Bjs, linda semana.

MR disse...

As botas... realmente muito sexy, especialmente quando são a última coisa que sua companheira está vestindo. Desde que não seja aquelas de eskimó... ninguém merece.

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Acho chic uma mulher de bota...mas,só de bota!!!rs


bjs

Marisete Zanon disse...

Oi Bonequinha! Meo! Dei muita risada da maneira que vc escreveu aí! É...tem coisas que a gente não sabe se é pra usar ou pra deixar num canto daquele quartinho que a gente só coloca coisas meio assim sem uso...Eu amo botas, mas todas que tenho são muito bem comportadas!!!
Esmaques lindinha!!!

Gazeta na net disse...

Olá minha querida,
A sempre perdição das mulheres, sapatos e botas e carteiras…
Fica bem amiga
Beijos perfumados

O Especialista disse...

É, com a chegada do inverno somem as "Miss Me comam" com as menosres horroridades de roupas mal pagas, mal combinadas e mal usadas e se chegam as tigressas com pinduricalhos e as porta treco de grife...os tipinho sem talento.

Se vestir é o básico mais complicado hoje em dia, as pessoas teimam em serotular á tudo...

...graças a minha profissão, fico dentro de um Terno Armani como um bom observador, só a olhar, observar. A profissão exige e eu agradeço!

A Tí, uma mulher de bota,tem lá o seu valor, um glamour de autoridade feminina que me atrai fácil...

Atenciosamente,

O Especialista

Dark Stranger Lady disse...

adoro botas, mas nada de fricotes!!!
bjus

Walquíria

Rocio disse...

Eu acho que uma vez pode ter que comprar essas coisas de sentir e de boa aparência, como me acontece com minhas lentes de contato