Cante sem chorar!

29.8.09

Dormir aqui e amanhecer em outro lugar!



Certa vez acordei com a sensação de não saber onde estava.Acho que bebera muito na noite anterior, numa balada em comemoração ao aniversário de um amigo,umas misturas não muito legais e girei a duzentos por hora ,plena de coragem ,de vontade de realizar tudo o que ainda não realizara até então.Lembro-me que rodopiava pela pista como um foguete,rindo e bebendo. De repente apaguei.Mas,quem anda com amigos de verdade pode se dar ao luxo de tomar um pileque de vez enquando.Acordei com a boca amarga,uma dor de cabeça incrível e sem noção de onde estava.A euforia da noite havia passado e eu me sentia muito mal,física e psicologicamente.Olhei ao redor e não reconhecia o lugar.De repente a porta do quarto se abriu e Aline apareceu com um sorriso debochado,trazendo uma xícara de chá;"E aí,amiiiiiga!Tá melhor?"

Ufa!Estava segura!Foi apenas uma noite non sense,que nunca mais se repetiu!



Esta é uma história verdadeira que resolvi postar para participar do Vou de Coletivo!Deixa eu sentar junto à janela do ônibus ,pois acho que vou vomitar..rs

23 comentários:

António Rosa disse...

Essas são noites especiais na vida. Rodopiamos a 200. :))) Gostei muito.

Hijak Skank disse...

Oi menina,

obrigado pela visita. Parabéns pelo texto e vamos que vamos de coletivo!!!

Marisa disse...

Oi,Pris
Adorei!Ainda bem que vc acordou em segurança..já imaginou se acordasse junto a um gordo suado e barbudo,cheirando a álcool???kkkk

beijo

Obrigada pela paricipação no debate!

BETH ANAND disse...

Oi,Pris

Caramba....eu já fiquei chapada,mas não cheguei a acordar na casa de uma amiga.Dormi no carro mesmo,até ser acordada pelo grupo de amigos que me procuravam a mais de uma hora..heheh
Adorei!Acho que vou aderir ao Vamos de Coletivo!

bjo

.Lis disse...

Cheguei a ficar preocupada !
Gostei dessa noite especial , que nao se repita , hem? rsrsrs
Nunca se sabe onde vais acordar , apesar da galera amiga! brincadeirinhas à parte, gostei muito do seu despertar seguro .
Sem vômitos, por favor! ninguém merece! rsrs
Abraços

Nade disse...

Menina, que experiência boa, heim! ;)
Todos, um dia, temos que passar por uma situação semelhante para sabermos o quanto é bom contar com os verdadeiros amigos!
Muito legal mesmo seu post!
Excelente a sua participação!
Bjs

R.Vinicius disse...

Oi. Que bom que está bem. Eu estou bem; devo começar a estudar no começo do ano que vem, pois vou prestar o vestibular agora no final do ano. Psicólogo ou tradutor? Qual lhe parece a minha cara? Eu não deixei a idéia de lado de um blog conjunto, só fiz o Submerso, pois me faltava fôlego e agora com ele vou desenvolver a idéia de Eco, ou fundo falso, alguma metáfora ou não da condição da cultura e o homem. Sobre a sua história – me cabe contar que nunca vivi algo assim. Abraço (e espero que não esteja mais distante.)

Mari Amorim disse...

Oi Pris

Bela participação e ador0 vir aqui ,deixo um Haikai,para brindarmos essa viagem,neste coletivo
CANETA ''Hábil instrumento que extrai da alma preciosos pensamentos.''
Boas energias
Mari

Nanda Botelho disse...

Esse tipo de experiência é muito louca mesmo!
Bom vc poder confiar em pessoas para cuidar de si.
Obrigada pela visita!
Bjão!

Joyce disse...

Cara, isso já aconteceu comigo.
Eu amei o post.
beijos !

Mah disse...

A coisa é bem mais comum... Ñ q o tenha vivido, mas sei de muitos casos.
Os meus, em sonhos.
Mas sempre é surpresa.
Bom ter lido o q vc tão bem produziu.
Bjsss

Quase Blog da Li disse...

Sua participação foi um depoimento!
Loucuras da juventude!!!
bjs

Aninha disse...

Oi,amiga

Ainda bem que tudo acabou em ordem,om um chazinho na cama..rs

Em outubro vou participar do Vou de Coletivo!

Beijo
Sucesso

Joyce disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joyce disse...

Oiii !!
Eu moro perto do Rio Centro também !
Me add no msn !
joycecampos25@hotmail.com

Beijos :D

Clara disse...

isso acontece !! pelo menos uma vez...para que nunca mais se repita a não ser que vc goste de chá ou dor de cabeça rrsr!!

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Isso acontece comigo sempre...mas,na casa da Aline eu nunca acordei..Me apresenta?
Adorei o post!

Beijos

angela disse...

Quem nunca perdeu o juizo com certeza não viveu. Perder a medida com amigos é o melhor que pode acontecer.
Nunca me aconteceu por que enjoo antes de perder a noção, mas já perdi a noção com emoções fortes em que nem lembro o que falei.
beijos

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar a juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine


PS: Também gostaria de agradecer sua presença em meu blog de contos. Seja muito benvinda!
Beijos.

Humana disse...

Pois é bonequinha, por acaso acordaste no lugar certo mas é preciso ter cuidado.
Ainda bem que foi divertido!
Beijinhos e tudo de bom. ;D

Evandro Varella disse...

Queridíssima,
Já fazia um tempo que não vinha te visitar...deu saudades e vim aqui saber um pouquinho como estás!
Sabe, as vezes é tão bom perder o senso e rodopiar por aí... mas como tudo na vida é bom um pouco de moderação... rsss
beijão e bom feriado

Hod disse...

Oi Pris!!
Lugares e momentos de muito prazer que nos ajudam até mesmo lavar a alma. Rodopiar feito bailarina de uma caixinha de música!! Lagal sua experiência com um final do bem....

Tb estou estou ne bus!!!!

Aloha amiga!!

Hod.

Andreia disse...

Bela tua participação, nada melhor que uma história real! E quem já não tomou um pilequinho vez ou outra, rsrsrs
Beijos linda...