Cante sem chorar!

21.10.09

Conta pra mim...


Conta pra mim, onde perdi a chave do teu coração, das tuas verdades, dos teus sentimentos?Conta pra mim em que momento me tranquei fora dos teus sonhos, dos teus caminhos, da tua vida, conta?

Busco todas as chaves, todas as formas, moldo algumas, descubro tantas outras e quando parece que uma delas vai ser a combinação que te concatena a mim, se transfigura, simplesmente desvanece, encortina-se e tudo volta a seu começo, a eterna e infindável busca você em mim.
Conta pra mim, a melhor forma de te reencontrar?Conta?
Porque esse que bate à minha porta de vez em vez eu simplesmente desconheço.

11 comentários:

Jou Jou Balangandã disse...

Será que a chave foi realmente perdida ou trocaram o segredo da fechadura?
Quando as coisas não fluem, é hora de repensar ...
Beijos

Bonequinha de Luxo disse...

Jou Jou

É..talvez vc tenha razão!!Preciso prestar mais atenção.
Obrigada,querida

BETH ANAND disse...

Oi,amiga

É por isso que não guardo chave do coração de ninguém...nem me pego a elas,mas como fazes agora,exijo que me contem tudo!!!Continue apelando,quem sabe???
Adorei!


Beijo

Marisete Zanon disse...

Olha eu aqui de volta. Mas ainda sem muito entusiasmo pra blogar...Chave? Faz tempo que tô do lado de fora do coração de quem eu queria, mas pode crer que estou ótima assim e gostaria de nunca ter entrado, tantos erros seriam evitados!!!
beijão

Evandro Varella disse...

Pris,
É como falei lá no anexo, o coração funciona sozinho, a cabeça não manda e vice-versa, rsss
Aqui, teus textos estão ficando cada vez melhores heim. Parabéns!!!
Beijos

Diva disse...

Sabe,Pris,estou numa fase que não quero que me contem nada.Não quero saber de NADA!
Vc acha que ele falaria a verdade?

bjo

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Eu conto.....meu coração nem precisa de chave.Está aberto para vc,bonequinha!!
A melhor forma de me encontrar,vc sabe..liga pra mim,linda!!!
Vc sabe que tudo que vc escreve eu levo a sério ...

Beijo

R.Vinicius disse...

Pris, incontrolavelmente eu estou ouvindo o novo álbum do Bublé (Crazy Love); e claro me lembro de ti. O álbum está muito bom (eu recomendo, embora eu seja suspeito.. tu bem sabes .. rs). Tu me perguntaste sobre a minha vida – e ela caminha a passos calmos, rumo a novos projetos (estou terminando o romance e devo levá-lo na editora – por isso parei de postar no Folhas o romance – é aquele que dediquei a ti). Estou aguardando a resposta de emprego do Itaú; e ano que vem começo a faculdade de Psicologia. E aí? Quais as novidades? Como vai a sua vida? Sabe que gosto de ouvi-lá e que sempre o fiz e por minha vontade faria todos os dias. Quanto ao teu post – talvez ele esteja em ti em dúvida, como uma questão ainda insolúvel, porém sua resolução poderia trazer diversas mudanças. Talvez não tenha perdido a chave, nem o segredo tenha sido trocado, talvez só não tenha encontrado ao girar da chave, o que esperava encontrar.

Abraço.

Obs: Quando vai voltar a postar os poemas no outro blog?

Maggie disse...

Oi,bonequinha

Adorei seu blog..lindo!E seus posts são muito bons.Vou te linkar!E te acompanhar!

bjus

Débora disse...

Oi,amiga

Eu creio que vc não perdeu a chave,apenas a escondeu ed propósito....
Muito bom!


Beijo

Tatiana disse...

Há sempre um tempo para as coisas fluirem...
Se calhar as chaves voltam a abrir todas as portas!
Um beijo muito carinhoso e toda a minha torcida por Ti!