Cante sem chorar!

22.1.09

Mais sobre minhas férias...

As primeiras palavras que escrevi no meu diário de férias foram:

"Eu sempre acho que, tão logo deixamos para trás as fronteiras do país onde nascemos e até estarmos realmente conformados aos contornos da nova realidade, nossa percepção do mundo passa a funcionar num modo alterado, algo nebuloso, algo entorpecido, algo onírico. As imagens do dia-a-dia estrangeiro vêm e vão antes que as possamos seguir, apreender, registrar. Então surgem as pessoas familiares com rostos desconhecidos, as ruas de sempre que levam aos lugares de nunca, os diálogos cotidianos perfeitamente improváveis, as cenas que se repetem sempre diferentes, como se sonhássemos tudo o que vivemos. A memória do dia que acaba vai se partir em mil pedaços desconexos e seus significados vão evaporar antes que amanheça o novo dia. E assim, tontos, demoramos a encontrar um fio que nos conduza para fora do labirinto de impressões vagas, reticentes, inconclusas."



Fotinha na Cachoeira de Astor em Barcelona.

3 comentários:

EXAGERADO disse...

Oi,linda
Nste seus primeiros dia na Espanha vc demonstra exatamente já a saudade do Brasil....mas,depois a gente entra no desconhecido e se mistura e ama tudo,como vc amou...
Lindo post.E lindo lugar!

Cheguei hoje...daqui a pouco estaremos juntos,tá?
bjs

Jhennifer Cavassola disse...

Que lindoo! É isso mesmo amiga e muito mais.
Um lindo fim de semana, curta bastante ai, por todos seus leitores rss.

:)

Rafhitch disse...

Nossa senhora, Espanha, meu sonho de vida. Ainda irei morar lá um dia.

Escolheu um ótimo lugar para passar suas férias.

Abraços!