Cante sem chorar!

27.10.08

Abandono

Olá, sim eu sei, tem muito pó por aqui, blog semi-abandonado, é semi sim, porque penso nele sempre. Esse ano está digamos complicado escrever, não sei se estou critica demais, mas nada que escrevo sai do jeito que eu quero, «o eu em mim» parece contrariar as idéias, parece gostar de inverter minhas palavras com o espelho do pensamento, mas vá lá, minha poesia, se eu já tive alguma, deve ter morrido…Não, não acredito que poesia morra, se fosse dizer que algo é eterno diria poesia regada a jazz, sim deve ser assim o paraiso, jazz e poesia…Alguém me disse: "Mude o jeito de escrever, renove seu estilo que assim volta a escrever", me senti um jornal e sorri, nunca tive jeito, as palavras pulavam, saltavam pelos dedos, mas hoje não, e essa maldita obrigação de escrever por escrever não é comigo e ficar brincando em uma tautologia infinita também não.Até com a mais ínfima mudança acabo por não ser eu, deve ser assim mesmo, pareço uma fotografia desgastada por desejos e pensamentos soltos, e sempre que tento organizar tudo, ouço uma voz baixa e doce, reconheço a voz de Álvaro de Campos dizendo:
(…)Depois de amanhã serei finalmente o que hoje não posso nunca ser.Só depois de amanhã…Tenho sono como o frio de um cão vadio.Tenho muito sono.Amanhã te direi as palavras, ou depois de amanhã…Sim, talvez só depois de amanhã…

11 comentários:

LiLi disse...

pois é...
tb culpa da vida corrida, da rotina, enfim...
mas não some não ta?
boa semana e um bejão!

Patrícia Andréa disse...

Sei bem oq é não ter tempo (ou então assunto) pro blog... Mas sempre penso nele (e com mto carinho)!=)

Bjus!

Dai disse...

Acho que não é só você que anda com essa sindrome de abstinência blogueira não..
Também ando meio que abandonando o meu..mas logo o amor por ele renasce e você colta à ativa sem dó.

É legal escrever o que sentimos, então não hesite em escrever tudo que lhe vier à cabeça. Faço isso e me sinto muito bem..

Adorei a referência a Alvaro de Campos..Parabéns.

Ótimos dias..

C. Biasucci disse...

o blog ja me deu umas notas baixas na faculdade, mas nao to nem ai :P
eu amo meu cantinho e que se danem as notas ;x~(táa exagerei)

mas nao suma, mulé!!

P.Winter disse...

Oi,querida
Que bom que vc postou..e te igo:
-Não renove nada
-Não mude de estilo

Gostamos de vc assim mesmo...só não demore muito!

bjs

Cláudia Gonçalves disse...

Menina,

você escreve muito bem, deixa de ser perfeccionista. Não exija demais de si mesma.

Creia... isso também vai passar!

Cuide-se e não suma, ok!

Bjo.

R.Vinicius disse...

Agora que encontro seu Blog a senhorita não pode sumir. Por favor não suma, tá? A senhorita escreve muito bem. O tempo escasso tem nos devorado, nos deixado triste, também suga todas as nossas energias. Mas tudo vai passar, ao menos se espera, e há de passar. Realmente poesia e jazz deve ser o paraíso, eu geralmente escrevo poemas ouvindo Michael Bublé ou Frank Sinatra. Às vezes parece que a voz flutua suspensa no ar e tudo fica perfeito. Ao menos quando escrevo é assim e quando estou triste. É o tratamento da música imagino.

Vou gravar seu Blog nos Favoritos e voltarei mais vezes, tá?

Abraços, até breve,

R.Vinicius

Vênus disse...

Oi,querida
Que texto legal...à vezes tb me sinto assim.Aí,eu dou um tempo...sinto saudades e volto!!
Faça isso!Seu blog é DEZ!
bjs

Aninha disse...

RJ 10h50
Manhã linda,sol maravilhoso!


Pois é..creio que existe algum vírus na blogosfera causando essa inércia..tb estou assim!
Mas,vai passar!
bjs

Patrícia Andréa disse...

Oi!
Tô passando pra avisar q tem post novo lá no meu blog!
Desculpa a "propaganda"=)

Bjus!

Débora disse...

Oi,Pris
Creio que isso é o prenúncio do fim de ano...das férias que não chegam..
Imagina eu:estou me formando,terminando o estágio e querendo sair de São Paulo...tudo junto!Estressadíssima!Acabo descontando nos outros...
Vc não entra no MSN mais não?
bjs