Cante sem chorar!

1.6.08

Doce Chuva



Domingo de chuva!!Nossa,que frio!Tomei sopa,chocolate quente e fiquei debaixo das cobertas.Penso em você!Não dá pra ficar deitada.Pego o telefone.Ligo?Não ligo!!Conecto-me à Internet.Resolvo fazer poesia.Às vezes eu até consigo:


A chuva não cai trôpega
mas viva,
ruidosa,
como que embançando o tempo,
chuva
com dentes de fora.
cortante
minha própria chuva,
água salgada
a que sai de mim
A serena princesa
esconde as lágrimas na chuva,
Há uma lagoa estraçalhando uma fera
em mim,
pinga chuva na lagoa
ai,
a chuva,o tempo
e eu
a mesma
sem você!!

7 comentários:

Pérola disse...

Se te apetece ligar, liga. Amanhã pode ser tarde demais.

Obrigada pelo comentário, percebeste exactamente o que eu escrevi. Claro que podes linkar-me.

Um beijão.

Rodrigo disse...

Oi,bonequinha
Obrigado pela visita e pelo link.Tb vou linká-la.
Concordo com a Pérola:Melhor se arrepender pelo que fizemos do que pelo que deixamos de fazer..telefona,vai!
Isso aqui é bem bonito!!

beijos

Patrícia Andréa disse...

Eu amo o frio =)

Bjus!!

Tay disse...

Ok...ja te linkei a muito tempo..rsrsrsrs
volte sempre um bj!!!

Débora disse...

Olá
Lindo!A chuva se misturou com suas lágrimas...mas,concordo com os outros..talvez se tivesse ligado,não teria chorado..

Bjs

Vênus disse...

Ai que raiva..eu tb às vezes faço isso:banco a durona,depois choro e escrevo!!
Seu poema ficou bonito..nada como a dor,né?

bjs

VEU DE MAYA disse...

Já vi que esta"boneca de luxo" gosta de rasgar o véu de Maya?
Que circulem as energias refrescantes...

:)